Poemas Selecionados

O mistério da poesia

A poesia foi o início.

Ao fim de cada poema escrito

Um universo se acrescentava

No meu modo de ver e traduzir

O meu próprio mundo.

Hoje a palavra é essa biblioteca imensa

Que devo penetrar e decifrar

Seus vastos signos e cada vez mais

Aproximar-me de alguma coisa

Que eu mesmo jamais venha tocar.

Isso quiçá seja o mistério da poesia.

Adalid

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s