Poemas Selecionados

A Jorge Luís Borges

 

Não o verei mais.

Por trás da sombra desconhecida que se perdeu,

Nós nos perderemos também.

Um dia a vaga realidade de tê-lo

No olhar medido

E a sensação de que não era mais humano.

Agora um toque uma suave brisa

Na memória e a leveza

Deste incompreensível universo de signos

Que se chamou Borges.

 

Adalid

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Poemas Selecionados

  1. Ingrid Tabata disse:

    Porque Borges é Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s